O drama do Toninho, um coitado de alma amaldiçoada

| Por | EM

A obra

O que será que está andando lá fora, a uma hora destas, com uma lua tão cheia? Pode ser qualquer bicho, do mato ou da mente. Inclusive um escritor sem sono, recuperando histórias que o tempo quer levar embora.
Clóvis Silva, neste seu novo livro, mergulha mais uma vez no imaginário dos causos e lendas destas terras que já foram sertão. E conta a história – do jeito que nossos avós contavam – do Toninho, um coitado que carregava uma maldição na alma. Um homem que vira lobo, e desvira, e revira, até que…

 

 

 

O autor

Clóvis Silva é paulista de São José do Rio Preto. Nasceu em 6 de fevereiro de 1961 (não, não era lua cheia, era nova, quase crescente). Casado, dois filhos, três livros publicados: além do “Lobo homem lobo”, uma coletânea de poesias (“Gotas de orvalho”) e um romance (“Zé Preto, Rio Preto”).

 

Comentários

Não há comentários.

Adicionar comentário